A história do Jornal

Por Letícia do Santos e Marcela de Lima

O primeiro jornal foi o Acta Diurna, que surgiu em Roma cerca de 59 A.C, é o mais antigo “jornal” conhecido. O imperador Júlio César, desejando informar o público sobre os mais importantes acontecimentos sociais e políticos, ordenou que os eventos programados fossem divulgados nas principais cidades, eram escritos em grandes placas brancas e expostas em lugares públicos populares.

No século VIII, na China, surgiram os primeiros jornais, em Pequim sob a forma de boletins escritos à mão.

Em 1447, Johannes Gutenberg inventou a prensa gráfica, inaugurando assim a era do jornal moderno. A máquina de Gutenberg possibilitou o livre intercâmbio de ideias e a disseminação do conhecimento, os boletins informativos levavam a uma classe cada vez maior de comerciantes notícias de interesse sobre o mercado.

Já em fins do século XV, boletins em manuscrito circulavam pelas cidades da Alemanha, esses panfletos muitas vezes eram sensacionalista.

Em 1556, o governo veneziano publicou o Notizie Scritte, pelo qual os leitores pagavam com uma pequena moeda conhecida como “gazetta”.

Só na primeira metade do século XVII, os jornais começaram a surgir como publicações periódicas e frequentes. Os primeiros jornais modernos foram produtos de países da Europa Ocidental, traziam notícias da Europa, mas raramente cobriam matérias nacionais, os jornais ingleses preferiam relatar derrotas militares sofridas pela França, enquanto os jornais franceses cobriam os mais recentes escândalos da família real inglesa.

A Importância do Jornal
Os jornais, além de terem sido utilizados como documentos comprobatórios, começaram a emergir em sociedades do mundo inteiro, sendo principal veículo de divulgação e recebimento de informações e ajudaram na divulgação de propaganda revolucionária.

Com o surgimento do rádio, os jornais foram obrigados a reavaliar seu papel como principal fonte de informação da sociedade. Como as novas tecnologias de mídia de hoje, a evolução dessa fonte barata e alternativa de informações gerou a ideia de que o rádio destruiria a indústria de jornais. Reagindo à nova concorrência, os editores renovaram os formatos e conteúdos de seus jornais a fim de torná-los mais atraentes, aumentando também o volume dos textos para oferecer uma cobertura mais ampla e de maior profundidade.

A atual revolução tecnológica gera novos desafios e oportunidades para a mídia tradicional. Nunca houve tantas informações disponíveis para tantas pessoas, mas isso não decretou o fim da relevância dos jornais, que continuam sendo um veículo popular e poderoso no relato e análise dos eventos que afetam nossas vidas.

A Imprensa Brasileira
Ao contrário dos principais países latinoamericanos, o Brasil entrou no século XIX sem tipografia, sem jornais e sem universidades, fatores que contribuíam para a formação do público leitor. Assim, a imprensa brasileira teve um nascimento tardio, e o legado de analfabetismo, não condicionou a evolução da imprensa, que impediu o público leitor nacional de atingir o percentual registrado em países com economia de porte semelhante ou maior.

Primeiros Jornais no Brasil
Em 1808 surgiram os dois primeiros jornais brasileiros. Em junho, o Correio Braziliense, editado e impresso em Londres pelo brasileiro exilado Hipólito da Costa, e era remetido clandestinamente ao país. E em setembro do mesmo ano, surgiu a Gazeta do Rio de Janeiro que era um jornal oficial dedicado aos comunicados de governo e aos louvores à família real.

34 respostas em “A história do Jornal

  1. bem escrito, compacto nos dados, tenho anotações e um trabalho que tem estes dados e algo a mais se quiser dar uma olhada depois…empresto porque a história do Jornal é muito interessante mesmo.

  2. O jornal é usado para passar informações sobre o que está acontecendo em torno do mundo, mas também tem esportes e entretenimento. Antes era escrito a mão e usado para divulgar fins sociais e políticos, mais tarde passou a ser “moderno”, não era periódico e só passou a ser no meio do século XVII. Desde sua criação até agora passou por grandes modificações e a cada dia que se passa muda um pouco mais.

  3. Escrever o Jornal a mão devia ser chato e cansativo,fora que alguns detalhes poderiam ser deixados de lado pela falta de tempo.O Império Romano sempre ganha destaque nesses trabalhos informativos sobre a escrita,como sempre passando ordens ao povo…
    A prensa inventada por Gutenberg,revolucionou a maneira de se produzir jornal,deixou tudo “mais fácil e prático” pra época,pelo menos devia ser melhor do que ficar escrevendo tudo a mão,o sacrifício creio que era organizar as letras como o Frigo explicou.
    O que eu destaco é que o jornal foi inventado como um documento que comprova algo,como foi relatado na pesquisa,muito legal,acho que em quase todos os trabalhos veremos que cada invenção foi um jeito de se registrar e passar adiante momentos e histórias da humanidade.
    O Brasil como sempre atrasado em todos os requisitos,o jornal ter chegado aqui foi muito importante,só que na minha visão muita coisa fica oculta,principalmente na época da ditadura,quanta coisa não foi divulgado,infelizmente pra quem não é daquela época fica um aprendizado “esvaziado” pela ocultação de informações que os jornais da época eram forçados a realizar…

  4. Particularmente curto demais ler Jornal, não tinha noção de sua história. Mesmo com a chegada do rádio o jornal não deixou de existir, foi se modificando aonde trás mas opção de informação para a sociedade; hoje temos vários conteúdos em um jornal não só a “notícia”, mas também o esporte, politicas, entre outros.

  5. Pra mim um dos trabalhos mais interessantes, quem não gosta de acordar e ler um bom jornal? Pena que muitos não conhecem essa maravilhosa história… Com o jornal sabemos de tudo o que acontece em nossa cidade e nas regiões, mesmo com a chegada da internet alguns (como eu) não perdem a edição de um jornal se quer!!!!

  6. O jornal é a melhor fonte de informações. Nele encontramos esportes, cultura, publicidade, que são elementos que o torna uma ótima fonte.

  7. O bom e velho jornal. E pensar que todas aquelas informações eram escritas a mão, daria muito trabalho. Hoje somos privilegiados de vários recursos, que tornaram o jornal mais moderno e atrativo para todos os públicos e idades, com variedades de notícias, entretenimento e também de propaganda.

  8. O jornal pra muitos uma imprensa velha, barata e sem graça ainda depois de muitas outras coisas cridas e passadas em sua frente jamais deixou de ser um meio muito utilizado pela população. Todos tem acesso a um jornal, algo que na época em que Gutenberg criou a prensa para fazer o mesmo de maneira mais fácil e organizada, contraria essa ideia. Naquela época, poucos tinham acesso a um jornal, e ás vezes também pouco se interessavam pela mídia, até que com o passar de pouco tempo, com a evolução e o desenvolvimento desse meio, se tornou, para todos, uma mídia impressa de muita relevância.

  9. O Jornal é um dos mais antigos meios de comunicação e um dos primeiros que pode proporcionar a aquisição de informações e conhecimento por meio de seus leitores, mais com a centralização de informações e essa constante alternancia seu fim está próximo, pois seu processo já está se tornando ultrapassado, já existe situações que agências estão migrando pro digital e fornecendo noticias em uma tela de tablet, mais enfim o jornal tem seu grande espaço e contribuição na história, sobretudo no começo das mídias.

  10. Achei interessante o fato, de mesmo sem querer, o artigo meio que descreveu que o jornal tem a mesma função hoje, que antigamente. Quando foi criado o intuito era mesmo informar, só que da maneira deles, obvio, em manuscrito, e com um trabalho muito, muito maior que hoje em dia, até por que hoje em dia existe toda uma equipe especializada, com equipamentos e tudo, que tornam o jornal atual uma das melhores fontes de comunicação no mercado, com topicos como esportes, entretenimento, policial, humor, etc.

  11. O jornal passou por muitas transformações, assim como todas as formas de comunicação. É o mais reconhecido e confiável para se ter informações e mesmo com a tecnologia, internet, tablets e smartphones, o jornal impresso ainda é muito usado e a preferência de muitas pessoas.

  12. Acredito que afirmar que a extinção dos jornais está próxima baseia-se em uma junção de prepotência, previsão do futuro com conselhos da “Mãe Diná”, e uma bola de cristal que fornece todos os tipos de informações a respeito do que está por vir na história da humanidade, um verdadeiro oráculo. Pode-se sim, transmitir uma ideia, uma observação, nada mais que uma opinião, e que por este fato, não pode ser afirmado como uma certeza quase científica. É como imaginar o mundo daqui a 50 anos, deixando de lado todos os vilarejos, cidades do interior e comunidades que hoje mesmo não possuem nem conhecimento da tecnologia que temos a oportunidade de usufruir, da mesma forma que quando surgiram os tablets, gerou-se uma discussão, se a era dos livros impressos estava contada. Pensamentos deste tipo me dão uma certa preguiça de viver. Reviro os olhos e extravaso uma vogal sonora. O trabalho está bem feito e me fez lembrar das aulas.

  13. O jornal é uma grande fonte de informação, e é dessa forma a muito tempo, com noticias diarias o jornal tem grande espaço em nosso dia-a-dia, mesmo com o avanço tecnológico, ele não perdeu seu espaço, e pra falar a verdade não a nada igual do que pegar o jornal de manhã para ler as noticias de sua cidade e variedades.

  14. Imagina escrever um jornal todo a mão, é muito trabalhoso e cansativo. Legal ver que o primeiro jornal era escrito em placas brancas. Apesar de termos outros meios de informação, o jornal ainda é muito importante, ao ter o jornal em mão, nós temos mais vivacidade ao ler as notícias.

  15. No começo de sua existência, o jornal era usado para passar informações sobre a família real e guerras, com a chegada do radio, o jornal teve que se adaptar para as necessidades da população. Hoje em dia o jornal tem muitas noticias sobre a política do nosso e de outros países, mas também tem muitas coisas sobre entretenimento, dando noticias de shows, peças de teatro, etc. Atendendo assim leitores de diversas opiniões!

  16. O Jornal é um importantíssimo meio de comunicação, em seus primórdios ele tinha o objetivo claro de passar as notícias de guerras e coisas desse meio, é claro que com muita cautela. Com o passar do tempo ele veio se moldando até tomar esse formato que ele tem hoje, que é mais opinativo e ousado na hora de passar as notícias, além de tudo agora ele tem um formato mais dinâmico, informando um pouco de tudo, entretenimento, propagandas, cultura e muito mais. Ele evoluiu muito desde sua criação e hoje em dia são expostas informações que antes não eram permitidas.

  17. O jornal para mim continua sendo um meio de comunicação importantíssimo, tem Informações precisas e está crescendo muito em termos de propaganda, passou por muitos processos até chegar nos dias de hoje, colorido, bem formado, com uma equipe muito boa que vai atrás de informações e que destaca novos conhecimentos a cada manhã,

  18. O jornal influênciou durante muito tempo as notícias e conhecimento que chegavam até os leitores, fazendo uma ponte entre as cidades e comunidades. Hoje vemos que é um veículo em decaída, as mídias digitais estão ” engolindo” as mídias impressas deixando uma dúvida no ar, até quando terá vida útil? O trabalho foi bem interessante contando a história do jornal, mas faltou uma visão e opinião sobre o ” hoje” em relação a essa mídia.

  19. O jornal tem como principal objetivo divulgar e esclarecer fatos que ocorrem em um determinado perímetro e em maior velocidade que outras mídias, isso em seu início. Com o passar do tempo o entretenimento foi ganhando seu espaço, e consequencia disto trouxe consigo a propaganda.

  20. Nota-se que alguns meios de comunicação como o cinema e a internet mudaram seus princípios no passar do tempo mas o jornal não ele sempre foi o que é evoluiu? sim, tomou novos espaços e influencias mas o principio inicial de informar e educar continuam o mesmo

  21. A história do papel, fundida com a história da impressão, surge o jornal. Meio de comunicação eficaz para levar notícia a população, com um preço bastante acessível, mas infelizmente podia ser lido somente por quem tinha “cultura” no tempo de sua invenção. Atualmente, comenta-se que o jornal se extinguirá, isso já é um fato, mas a importância que ele teve nunca será esquecido no meio da comunicação.

  22. O jornal é um dos meios de comunicação menos utilizados hoje em dia por causa dos vários meios alternativos de se passar a informação ,os primeiros jornais eram escritos a mão o que devia ser cansativo,
    Gutenberg revolucionou a forma de se fazer jornal com sua prensa,a produção era mais rápida,porem um pouco trabalhosa.
    O Brasil demorou muito para ter seu primeiro jornal , sem contar que as noticias nunca eram passadas 100% um exemplo disso foi a época da ditadura onde os jornais eram controlados pelos governos e passavam informações incompletas.

  23. É um bom hábito, porque a leitura diária dos impressos ou virtuais, nos mantém em dia com o que vai pelo mundo e nos dá informações úteis para o trabalho, os negócios, o lazer. Se for lido com atenção e seletivamente, o jornal tem grande influência na formação do conhecimento profissional, técnico, científico e também literário.

  24. A pluralidade de informações contidas em um jornal é que o torna uma das fontes mais consultadas na atualidade. Com matérias informativas, colunas esportivas, charges, cadernos de economia, classificados, variedades que vão desde anúncios até horóscopo. Isso tudo torna ler um hábito.

  25. Trabalho em um jornal e sei como é grande seu valor. Quem não gosta de acordar, tomar um café e ler o jornal do dia? Ele nos mantem informado sobre nossa cidade, além de nos entreter. Além disso, o jornal desde sempre é um veículo muito usado pelas pessoas.

  26. Trabalho com jornal há alguns anos e sei como está difícil levar a comunicação, a notícia impressa pra dentro das casas das pessoas. Hoje em dia, devido a outros meios de comunicação, o Jornal Impresso está sendo deixado de lado e a cada ano que passa, a nova geração prefere se dirigir a outras mídias do que esperar pela edição do Jornal. É um dos veículos de comunicação que mais gosto, pois nele podemos expressar opiniões que em outros veículos seria quase que impossível. Podemos deixar registrado matérias, fotos, fazer parte de uma coluna social, entre outras finalidades. Um dos primeiros veículos de comunicação existentes no mundo, que em MINHA opinião, em breve será extinto, devido a criação de outras mídias que surgiram no decorrer dos anos.

  27. Um meio de comunicação muito antigo que desde o século VIII está presente no cotidiano de nossas vidas, com o passar do tempo deixou de ser escrito a mão, e com o surgimento da tecnologia acabou sendo deixado de lado.

  28. O jornal é capaz de formar opiniões, destruir governos e pessoas. também é capaz de mostrar informações, dados e informar que é seu maior objetivo.

    • Trabalho bem organizado, simples, mas complexo, resumindo muito bem a história e qualidades do jornal.

  29. O jornal sempre foi um divulgador de notícias e fatos conhecido no mundo todo, uma mídia ampla para assuntos do cotidiano e com algumas inclusões de entretenimento, antes do surgimento da internet e das redes sociais era o veículo responsável por repassar notícias quentes, mas que hoje já fria por conta da rapidez do mundo digital. O trabalho ficou incompleto por não mostrar a evolução e preocupação atual em manter o jornal no mercado, visto que não terá futuro.

  30. O Jornal é uma excelente ferramenta para a comunicação local. E mais, é uma delicia acordar, tomar um café, e senti-lo por entre os dedos, mas, o acho um pouco desengonçado. Não gosto da ideia de ele ser substituído. Como o vinil, ainda há os adeptos.
    Em sua decorrência ao longo dos anos, vejo que ele continua a propagar manipulações. E seu conteúdo é empobrecido pelas propagandas gigantescas de “construtoras” que ocupam páginas inteiras. Aliás, isso é o mal de toda a imprensa.

    • O Jornal tem uma trajetória intrínseca ligada à evolução contemporânea. Todos os fatos de importância nas relações internacionais politicas ou até da própria região em termos de conhecimentos ou manchetes geradoras de interesse, são redigidos e expostos ao conhecimento popular. Portanto, diversos paradigmas foram e são estabelecidos a sociedade.
      Ao discorrer o texto vejo a trajetória física da matéria prima. E a mesma abordagem, atribuo que o aperfeiçoamento do modo de trabalho da imprensa escrita (jornal), veio através dos Estados Unidos, mais precisamente na guerra civil americana em 1861. Na época, técnicas inovadas e novas condições de trabalho foram estabelecidas. Repórteres e fotógrafos receberam as primeiras credenciais especiais para cobrir a guerra e as mensagens eram enviadas por telégrafo, assim, surge à necessidade de divulgar manchetes para destacar as novidades.

  31. Trabalho bem escrito e coerente, informações bem completas.e diretas, fazendo da leitura fluir muito bem.

  32. O trabalho está objetivo e bem resumido, poderia ter explorado um pouco mais da história do jornal pois esse veículo carrega muita bagagem. Porém explicaram muito bem os itens mais importantes desse meio de comunicação, que até hoje é muito utilizado pelas pessoas. Desde o surgimento, a evolução com as maquinas de Johannes Gutenberg e seu modo atual o jornal continua cumprindo seu papel de informar, de maneiras diferentes de acordo com cada época. Mesmo com toda essa tecnologia esse veículo continuará por muito tempo rodando pelas cidades. Pode ser que no futuro ele tenha migrado para um processo digital, mesmo assim manterá seu perfil informativo, como já existem hoje em dia jornais online.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s